Alimentação da mãe durante a amamentação

Dia 1 de Maio comemorou-se o Dia da Mãe, como tal, pensámos que seria importante desmistificar alguns conceitos populares desenvolvidos em relação ao aleitamento materno.

A amamentação é um processo fisiológico e natural e a melhor forma de alimentar o seu bebé! O leite materno contém todos os nutrientes que o seu bebé precisa para ser saudável. A Organização Mundial de Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo até aos 6 meses de vida do seu bebé.

Nesta fase, uma alimentação adequada e ajustada às necessidades da mãe tem grande importância para:

  • Rápida recuperação após o parto;
  • Fortalecer as suas energias nesta etapa que requer muita exigência física e psicológica;
  • Contribuir para uma adequada produção de leite materno.

Uma alimentação saudável e adequada para a mãe, não difere em grande medida da alimentação saudável da mulher não grávida. O facto de estar a amamentar não implica necessariamente o aumento do volume das refeições. Deve apenas alimentar-se na quantidade suficiente de forma a satisfazer o seu apetite, mas sem excessos.

A sua alimentação deverá ser completa, variada e equilibrada e deverá incluir todos os grupos da Roda dos Alimentos. Só assim conseguirá uma alimentação que inclua todos os nutrientes essenciais para esta fase de vida do seu bebé. Uma alimentação assente nestes 3 parâmetros permite ao bebé familiarizar-se com uma variedade de novos sabores, facilitando posteriormente a sua diversificação alimentar. Estes alimentos, por norma, não causam alterações gastrointestinais no bebé. Contudo, caso verifique alterações como choro, gases, recusa do leite, após a sua ingestão, deverá evitá-los.

Existem, contudo, alguns alimentos que devem ser restringidos:

  • Cafeína: máximo de 300mg/dia (2 a 3 cafés, não esquecer que existem outros alimentos que podem conter cafeína como chá preto, cola, chocolate) … A ingestão de cafeína deverá ser somente após a amamentação e caso note algum grau de suscetibilidade (ex. irritabilidade, ansiedade…) no seu bebé, deverá suspender o seu consumo.
  • Bebidas alcoólicas: o álcool passa para o leite materno, pelo que o seu consumo é desaconselhado. Contudo, caso ingira alguma bebida alcoólica, prefira-as após amamentar e aguarde algumas horas até nova amamentação.
  • Qualquer alimento que manifeste alergia nos familiares mais próximos.

A produção de leite materno depende em grande medida da sucção do bebé. Neste sentido, a melhor forma de aumentar a produção de leite é amamentar o seu bebé até que ele fique saciado. É, também, importante que mantenha uma boa hidratação (água ou infusões de ervas), para assegurar uma adequada produção de leite.

Conselho da nutricionista:

O processo de amamentação poderá ser complexo, contudo deverá encará-lo com bom senso e realizar uma alimentação saudável, baseada na Roda dos Alimentos Portuguesa, e sem excessos! Deverá, ainda, manter uma adequada hidratação com a ingestão de cerca de 1,5 a 2L de água por dia.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s